Autor: Bruna Pezzin

Diversificação e execução diferenciados, porém bem precificados

Rolamos nosso preço-alvo de WEGE3 para R$ 19,80, com recomendação de manutenção. A empresa deve continuar se beneficiando da diversificação de receitas e da participação em projetos com maior retorno sobre o capital investido. No entanto, acreditamos que isso já esteja refletido nos preços atuais. No Brasil, projetos de energia deverão continuar contribuindo para o crescimento das receitas, enquanto o segmento industrial deve se recuperar mais forte conforme empresas locais e estrangeiras retomarem investimentos em aumento de capacidade.

 

Tese de Investimento

A retomada no Brasil deverá acontecer em 2019

No Brasil, ~35% da receita vem do segmento industrial, que hoje ainda opera sob capacidade ociosa. Uma vez que a industria retomar investimentos em expansão, esperamos que esse segmento contribua de forma mais significativa. A participação de mercado de ~70% no segmento de motores elétricos deverá resultar em captura relevante dessa melhora por parte da WEG. No segmento de Energia (Geração, Transmissão e Distribuição – GTD – ~46% da receita no Brasil), as receitas retomaram crescimento em meados de 2017 com a entrada em 2 projetos solares.

No exterior, crescimento acelerado

No mercado internacional, o segmento industrial (~67% da receita estrangeira) tem sido o grande propulsor dos resultados, puxados principalmente pelas indústrias de Petróleo e Gás, e Papel e Celulose, e deve manter crescimento forte nos próximos trimestres. Em GTD o crescimento também deverá ser impulsionado pelo segmento de transformadores, sobretudo após a aquisição mais recente realizada nos EUA.

Potencial de crescimento precificado

Apesar das receitas bem diversificadas e do potencial interessante de crescimento em alguns segmentos específicos, acreditamos que os papéis negociem hoje próximo ao nível justo. Hoje as ações negociam a prêmio em relação à média histórica e aos principais competidores globais, mesmo com crescimento esperado semelhante. Dessa forma, mantemos recomendação neutra para WEG.

Riscos

Os principais riscos para WEG em nossa opinião são (i) o nível de atividade e (ii) o câmbio. Recuperação mais rápida ou mais lenta da atividade, especialmente nos setores industrial e de energia dentro e fora do Brasil podem impactar nossas estimativas. Além do nível de atividade, dado que mais de 50% das receitas são indexadas a outras moedas, os números em R$ da WEG são beneficiados por Real mais fraco. Dessa forma, valorização do Real pode representar um risco para os números da empresa.

 

Sensibilidades / Cenários

  • Cenário Otimista - Preço-Alvo de R$ 21,20. Assumindo um Real menos valorizado e crescimento contido nos custos.
  • Cenário Base - Preço-Alvo de R$ 19,80. Assumindo câmbio médio de R$ 3,85 em 2019 e leve melhora nas margens operacionais.
  • Cenário Pessimista - Preço-Alvo de R$ 15,00. Assumindo um Real mais valorizado e pressão levemente maior nos custos.

Descrição da empresa

A WEG é uma empresa global de equipamentos eletroeletrônicos, atuando principalmente no setor de bens de capital com soluções em máquinas elétricas, automação e tintas. A empresa atua dentro e fora do Brasil, sendo que hoje aproximadamente 56% das receitas vêm de fora.

Método de Valuation

O preço-alvo de R$ 19,80 foi derivado utilizando o método DCF (Fluxo de Caixa Descontado), com base nas projeções de FCFF (fluxo de caixa livre para a empresa).

Análises da Carteira Recomendada XP