Autor: Leonardo Dutra

Confira o vídeo para maiores detalhes.

Quer receber as recomendações ao vivo e em tempo real? Faça seu cadastro e tenha o acesso imediato. É gratuito! Cadastre-se AQUI

Autor: Karel Luketic

Alavancado a retomada do Brasil, multiplos descontados

Recomendamos a COMPRA das ações da Usiminas, baseada em 3 pontos: (1) alavancagem da siderurgia à recuperação econômica; (2) preço internacional em alta, combinado com câmbio, o que pode levar o preço no Brasil a surpreender positivamente e (3) múltiplo atrativo, a recente queda das ações é uma oportunidade em nossa visão.

Tese de Investimento

Alavancagem à recuperação da economia

A siderurgia tende a ser um dos setores mais beneficiados pela retomada da atividade pós-crise. Historicamente, os volumes de aço crescem por volta de 3x o crescimento do PIB em ciclos de retomada. À medida que a esperada recuperação da economia se materializar, o setor deve se beneficiar. Esperamos que os volumes da Usiminas subam 5-6% este ano, e 7,5% no ano que vem.

Preço internacional e câmbio dão suporte a preço de aço no Brasil

O preço do aço no mercado internacional sobe quase 10% em dólares desde as baixas do final de 2017. A combinação disto com a recente alta do Dólar deve levar a um ambiente de preço benigno no mercado doméstico, e acreditamos que isto não esteja refletido ainda. Para colocar em perspectiva, o preço de aço no mercado doméstico se encontra a desconto de 5-10% em relação ao importado, enquanto o justo é um prêmio de 5-15% na média.

Incerteza econômica bem precificada

A atual incerteza em relação à atividade e ao cenário eleitoral traz risco para a tese de Usiminas. Apesar disso, depois da forte queda do papel, acreditamos que o risco-retorno esteja em nível interessante. Vemos a ação negociando a 4,5-5x EBITDA 2018, o que se compara com uma média histórica de 6.5x.

Sensibilidade / Cenários

  • Cenário Otimista - Preço alvo de R$17,5 – Volume subindo 7,5% no Brasil em 2018-19, prêmio do preço doméstico em relação ao internacional de 5-10% no Brasil - Real em 3,75/usd (hoje temos 3,60/usd fim do ano).
  • Cenário Base - Preço alvo de R$12,5 – Volume subindo 5% no Brasil em 2018-19, prêmio zero do preço doméstico em relação ao internacional no Brasil - Real 3,60/usd fim do ano.
  • Cenário Pessimista - Preço alvo de R$6,0 - Volume caindo 18% em 2019, desconto do preço doméstico em relação ao internacional de 5-10% no Brasil - Real em 4,0/usd (hoje temos 3,60/usd fim do ano).

Gráfico Sensibilidade

Descricao da empresa

A Usiminas é a maior produtora de aço plano do Brasil, que é utilizado principalmente para a fabricação de automóveis, bens de capital, eletrodomésticos e afins.

Método de Valuation

O método de avaliação utilizado foi o fluxo de caixa descontado (DCF) em conjunto com múltiplo (50/50).

 

*Dívida Líquida/EBITDA = O EBITDA representa o resultado operacional da empresa, ou seja, a geração de valor através das atividades de sua operação. Esse indicador, portanto, representa quantas vezes esse resultado seria necessário para pagar as dívidas, já excluindo o caixa atual da empresa.

**Margem EBITDA = quanto da receita menos custos e despesas representa da receita total.

*** EV/EBITDA = O EBITDA representa o resultado operacional da empresa, ou seja, a geração de valor através das atividades de sua operação. Esse indicador, portanto representa quantas vezes esse resultado seria necessário para se igualar ao valor da empresa.

 

Análises da Carteira Recomendada XP