Autor: Gabriel Francisco

Após a tempestade perfeita, vem a calmaria; Compra

Temos recomendação de compra nas ações da Ultrapar com preço-alvo de R$55,0. Nossa tese se ancora nos seguintes pontos: (1) potencial recuperação de participação de mercado e maior geração de caixa com a revisão da estratégia comercial da Ipiranga, (2) surpresas positivas em resultados por recuperação de mercado de postos bandeira branca e melhores margens na divisão petroquímica e (3) níveis atrativos de múltiplos, com a ação negociando em linha com a par BR Distribuidora apesar de sua maior eficiência.

Tese de Investimento

Após a tempestade perfeita, enxergamos um futuro melhor para a Ipiranga

As ações da Ultrapar acumulam queda de 50% no ano, refletindo preocupações relativas à perda de participação de mercado da Ipiranga (negócio de distribuição de combustíveis) e impactos da greve dos caminhoneiros. Apesar das dificuldades do passado e incertezas sobre a economia, acreditamos em uma recuperação operacional da Ipiranga, devido a sua nova estratégia comercial baseada em bonificações para postos de acordo com volume de vendas. Mais especificamente, acreditamos que tal nova estratégia levará a uma recuperação de mercado da Ipiranga por alinhar incentivos entre a distribuidora e postos de gasolina, além de levar a uma geração de caixa mais robusta e estável.

Potenciais surpresas positivas em resultados

Destacamos como potenciais surpresas positivas para nossas estimativas e do consenso (1) ganhos de participação de mercado de postos bandeira branca devido à redução de importação de combustíveis com os menores prêmios de paridade de combustíveis praticados pela Petrobras, (2) maiores margens na divisão de Petroquímicos Oxtieno devido a menores custos de matéria prima e depreciação do real.

 

Negociando a patamares atrativos de múltiplos

Destacamos os atrativos múltiplos da Ultrapar, com as ações nos menores níveis de EV/EBITDA* nos últimos 3 anos. Além disso, destacamos que as ações negociam nos mesmos níveis que a BR Distribuidora apesar da Ultrapar ser uma companhia privada e apresentar maiores margens e eficiência operacional.

Riscos

(1) Mudanças na política de preços da Petrobras, (2) resultado da consulta pública da ANP que aborda a liberação de postos adquirir combustíveis de refinarias, (3) menor demanda de combustíveis devido a uma recuperação mais lenta da companhia e (4) pressões nas margens da Oxiteno

 

Cenários/ Sensibilidades

  • Cenário Otimista - Preço alvo de R$62,0, assumindo crescimento de 5% de volumes consolidados e margens nos patamares de 2016-17 na Ipiranga.
  • Cenário Base - Preço alvo de R$55,0
  • Cenário Pessimista - Preço alvo de R$31,0, assumindo queda de 15% de volumes consolidados e margens nos menores níveis históricos da Ipiranga

Descrição da empresa

A Ultrapar é um dos maiores grupos empresariais do brasil, atuando nos segmentos: (1) distribuição de combustíveis (Ipiranga), (2) GLP (Ultragaz), (3) indústria petroquímica (Oxiteno), (4) armazenagem de granéis líquidos (Ultracargo) e (5) farmacêutico (Extrafarma).

Método de Valuation

O preço-alvo de R$55,00 para as ações da UGPA3 foi obtido por uma ponderação de (1) 50% utilizando o método DCF para cada negócio (Fluxo de Caixa Descontado) e (2) 50% utilizando um múltiplo EV / EBITDA* para as nossas estimativas.

*EV/EBITDA = O EBITDA representa o resultado operacional da empresa, ou seja, a geração de valor através das atividades de sua operação. Esse indicador, portanto, representa quantas vezes esse resultado seria necessário para se igualar ao valor da empresa.

Análises da Carteira Recomendada XP