Autor: Gabriel Francisco

Uma combinação de dividendos atrativos e crescimento; Compra

Recomendamos a compra das ações da AES Tietê, com preço-alvo de R$15,0. As bases da nossa recomendação são: (1) a elevada capacidade de pagamento de dividendos de 12% nos entre 2018-2020 e (2) o elevado potencial de crescimento baseado na expansão no segmento de energias renováveis não-convencionais (eólica e solar).

Tese de Investimento

Riscos de menor quantidade de chuvas para resultados reduzido, protegendo dividendos

A performance da TIET foi impactada nos últimos 2 anos por uma menor incidência de chuvas, levando a empresa a reduzir o despacho de suas usinas hidrelétricas e comprar energia a preços elevados no mercado de curto prazo. Apesar dos níveis de chuvas também estarem baixos em 2018 (79% da média histórica), os impactos nos resultados da TIET deverão ser menores devido à redução dos volumes de energia vendida para 80% de sua capacidade de geração em 2018, contra 88% em 2017.

Normalização de chuvas traz potencial de atrativos dividendos

Estimamos um dividend yield (dividendo estimado dividido pelo preço da ação) de 10% em 2018 para a AES Tietê, convergindo para 14% em 2019-20 assumindo uma normalização parcial de chuvas. Em um cenário de normalização total de chuvas e dos níveis de reservatórios, no entanto, o potencial de dividendos da ação poderia alcançar 17%-18% nos preços atuais da ação.

Energias eólica e solar são a nova fronteira do crescimento

A AES Tietê possuí uma estratégia de, até 2020, gerar 50% de seu EBITDA* a partir de fontes não-hidráulicas. Acreditamos que a empresa consiga atingir tal meta com retornos atrativos, seja pela aquisição de ativos já operacionais, seja pela participação em leilões de energia nova, haja visto a necessidade de expansão da matriz energética brasileira. Além da expansão dos resultados em si, a menor exposição à fontes hídricas reduz a volatilidade dos resultados e dividendos da TIET em momentos de menor incidência de chuvas.

Riscos

(1) uma incidência de chuvas menor que a nossa expectativa, levando a empresa a incorrer em custos com compra de energia no mercado de curto prazo, (2) custos adicionais e atrasos no desenvolvimento de projetos solares e (3) uma alta expressiva na curva de juros, o que diminuí a atratividade dos dividendos da companhia.

Sensibilidade / Cenários

  • Cenário Otimista - Preço alvo de R$18, assumindo normalização do nível de chuvas e uma maior estimativa de preços de energia de longo prazo
  • Cenário Base - Preço alvo de R$15
  • Cenário Pessimista - Preço alvo de R$10, perpetuando o cenário atual de nível de chuvas, assumindo menores preços de energia no longo prazo e realizando em 2018 o pagamento de um débito de R$700 milhões junto à CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica).

Gráfico Sensibilidade

Descrição da empresa

A AES Tietê é uma geradora de energia elétrica com um parque gerador de 9 usinas hidrelétricas, 3 pequenas centrais hidrelétricas e um complexo eólico, totalizando 3044MW de potência instalada. Além disso, a empresa possui 3 projetos de energia solar em construção, os quais adicionarão 300MW ao portfólio da companhia.

Método de Valuation

O preço-alvo de R$15,00 para as ações da TIET11.SA foi derivado utilizando o método DCF (Fluxo de Caixa Descontado).

 

*EBITDA = resultado operacional da empresa, ou seja, a geração de valor através das atividades de sua operação

Análises da Carteira Recomendada XP