Autor: André Martins, CFA

Uma história de sucesso, mas bem precificada

Temos recomendação NEUTRA no Santander Brasil (SANB11), com Preço-Alvo de R$40,00. Após uma bem sucedida reviravolta operacional, o Santander mudou de patamar em termos de posicionamento e rentabilidade desde 2015, possuindo hoje uma carteira de crédito rentável e crescente. Porém, acreditamos que isto esteja bem precificado, e preferimos exposição a bancos via outros veículos privados.

Tese de Investimento

Um novo banco, ágil e moderno

Com Sergio Rial no comando do banco, o Santander executou com sucesso um assertivo plano de renovação de sua estratégia comercial e de sua imagem perante aos seus clientes. O resultado foi o ganho de participação de mercado e uma expansão substancial das principais métricas de rentabilidade, com ROE¹ aumentando de 12,8% em 1T15 para 19,1% em 1T18. Hoje é visto como um banco moderno e ágil, referência em recursos e tendências tecnológicas e ativo no mercado, aproveitando oportunidades.

Praticamente alheio a crise, SANB segue crescendo a carteira

Com balanço subutilizado em 2014-15, o Santander conseguiu crescer a sua carteira de crédito a despeito da crise, com foco no segmento de varejo, cujas linhas são mais rentáveis. Por consequência, com a expansão prevista para o varejo antes de grandes empresas, esperamos que o Santander reporte bons resultados na margem.

Múltiplos em patamar justo, não vemos um ponto de entrada interessante

Com as ações do Santander negociando 10x lucro, o que consideramos um múltiplo justo, não vemos o momento atual como interessante para a compra das ações SANB11 e seguiremos monitorando atentamente a divulgação de resultados dos próximos períodos para avaliar eventuais mudanças que deem maior sustentabilidade a tese.

Riscos

Como principais riscos para o Santander, vemos (1) A não implementação de reformas pelo próximo governo eleito no Brasil; (2) grave deterioração da situação econômica do país, impactando negativamente o crescimento de crédito e níveis de inadimplência e (3) interferência no ambiente regulatório dos bancos.

 

Sensibilidades / Cenários

  • Cenário Otimista - Preço-Alvo de R$50,00. Assumindo crescimento adicional de PIB em 1% ao ano até 2024 e reduzimos em 0,3% a inadimplência no mesmo período com relação ao cenário base.
  • Cenário Base - Preço-Alvo de R$40,00. Assumindo 2,5% de PIB 2019-20, inadimplência em 3,0%.
  • Cenário Pessimista - Preço-Alvo de R$31,00. Reduzimos a projeção do PIB em 1,0% por ano até 2024 e elevamos em 0,3% a inadimplência no mesmo período com relação ao cenário base.

Gráfico Sensibilidade

Descrição da empresa

Maior banco estrangeiro atuando no Brasil e terceiro maior banco privado do país, o Santander tem foco no varejo e forte interação com o Banco de Atacado. É parte do Grupo Santander, com sede na Espanha, e contribuiu no primeiro trimestre de 2018 com 27% dos resultados globais do grupo.

Método de Valuation

O Preço-Alvo de R$40,00 foi derivado utilizando o método DDM (Modelo de Dividendos Descontados).

 

Análises da Carteira Recomendada XP