Autor: André Martins

Ambiente competitivo intenso, visibilidade ainda baixa, NEUTRO

Recomendamos posição NEUTRA nas ações da Cielo (CIEL3), com preço-alvo de R$19,00 e upside de 15%. A abertura do mercado ao longo dos últimos anos trouxe aumento da competição e queda das margens da Cielo, empresa líder do setor. Apesar da companhia estar ciente do desafio e ter um plano para reverter os danos, acreditamos que a visibilidade em relação a melhora ainda é baixa, e mantemos uma visão cautelosa no papel.

Tese de Investimento

Líder em um mercado cada vez mais desafiador

A mudança regulatória gradual impôs a partir de 2009 o fim da exclusividade entre bandeiras (ELO, VISA, Mastercard, e afins) e adquirentes (Cielo, Rede, Getnet e outros). Esta abertura do setor levou a um aumento expressivo na competição.

Competição levou à queda de margem

Com o intuito de crescer sua participação rapidamente, os novos participantes adotaram uma estratégia agressiva de preços, o que reduziu as taxas cobradas em transações (MDR) e a base de equipamentos instalados, impactando o yield* da Cielo e pressionando as margens do setor como um todo. Em 2014, a Cielo detinha 53,7% de participação de mercado, e hoje detém 51,5%, sendo que a margem EBITDA** reportada em 2014 foi de 49,7% e 45,5% em 2017.

Plano de ação em curso, mas os desafios são grandes

Buscando se reinventar e proteger sua posição de liderança, a Cielo esta focada em: (1) aumento da exposição a pequenos varejistas e profissionais autônomos – a aquisição da Stelo vai nesta direção; (2) estratégia agressiva na Mídia e (3) serviço Receba Rápido, que permite recebimento de vendas em período mais curto. Esperamos resultados positivos, mas com a concorrência ainda agressiva e se movimentando para seguir ganhando espaço, optamos por cautela neste caso.

Riscos

Como principais riscos para a Cielo, vemos (1) intervenções regulatórias adicionais que aumentem a dinâmica competitiva ainda mais, apesar de vermos uma baixa probabilidade dado o atual cenário; (2) evoluções tecnológicas capazes de mudar profundamente o setor de pagamentos no Brasil e no mundo e (3) queda significativa e duradoura nas vendas do varejo.

 

Sensibilidades / Cenários

  • Cenário Otimista - Preço-Alvo de R$25,00. Neste cenário, aumentamos a projeção de volume transacionado em 10% e o Yield em 20bps com relação ao cenário base nos próximos anos.
  • Cenário Base - Preço-Alvo de R$19,00
  • Cenário Pessimista - Preço-Alvo de R$13,00. Neste cenário, aumentamos a projeção de volume transacionado em 10% e o Yield em 20bps com relação ao cenário base nos próximos anos

Gráfico Sensibilidade

 

Descrição da empresa

A Cielo é a adquirente líder do setor de cartões de pagamento no mercado brasileiro e na América Latina. Suas principais atividades envolvem serviços de credenciamento de estabelecimentos, aluguel e manutenção dos meios eletrônicos, administração de pagamentos e recebimentos e distribuição de produtos financeiros para a rede credenciada.

Método de Valuation

O Preço-Alvo de R$19,00 foi derivado utilizando o método Fluxo de Caixa Descontado.

 

*Yield: é o quociente entre a receita líquida e o volume total transacionado pela Cielo.

**Margem EBITDA = quanto da receita menos custos e despesas representa da receita total.

Análises da Carteira Recomendada XP